Preciso de suplementos dietéticos?

Scarlett
Scarlett
  • Atualizado

A indústria de suplementos está em crescimento e, com tantos produtos diferentes disponíveis, pode ser um desafio perceber quais valem a pena e quais são simplesmente truques de marketing. No entanto, quando usados ​​correctamente, os suplementos dietéticos podem ser uma adição valiosa a um plano nutricional completo.

Antes de mergulhar em suplementos específicos, é essencial entender a importância de uma nutrição adequada. Embora os suplementos possam ser uma forma conveniente de preencher as lacunas de nutrientes, não devem ser usados ​​como substitutos para uma dieta saudável e equilibrada. Alimentos integrais e naturais devem ser sempre a base do seu plano nutricional, pois fornecem uma ampla gama de nutrientes que os suplementos não podem substituir.


Tipos comuns de suplementos dietéticos:


1. Proteína em Pó:

A proteína é um macronutriente essencial para a construção e reparação do tecido muscular. Enquanto a maioria das pessoas obtêm proteína suficiente na sua dieta, atletas e pessoas que praticam exercícios intensos podem beneficiar da suplementação com proteína em pó. As proteínas em pó estão disponíveis em formas de origem animal (como soro de leite) e de origem vegetal (como ervilha ou arroz). São de consumo conveniente e podem ser adicionados a batidos ou outras receitas para aumentar a ingestão de proteínas. Procure proteínas em pó que contenham pelo menos 20-30 gramas de proteína e 5-12 gramas de BCAAs por porção de 100g.


2. Creatina.

A creatina é uma substancia natural que é produzido no fígado, rins e pâncreas. É armazenada nos músculos e é usada para produzir energia durante o exercício de alta intensidade. A suplementação com creatina demonstrou aumentar a força e a produção de energia durante o exercício, tornando-a uma escolha popular para atletas e fisiculturistas. A creatina monoidratada é a forma de creatina mais pesquisada e consumida.


3.Ácidos Gordos Essenciais (EFA).

Os ácidos gordos essenciais, como o ômega-3, são vitais para a saúde e o bem-estar geral. São encontrados em alimentos como peixes e nozes, mas também podem ser obtidos por meio de suplementos. Os suplementos de ômega-3 são particularmente úteis para atletas e entusiastas do fitness, pois demonstraram melhorar a função da memória, aumentar o desenvolvimento do cérebro e reduzir a inflamação no corpo.


4. Beta-Alanina.

A beta-alanina é um aminoácido produzido naturalmente no fígado e também está presente em alimentos como carnes e aves. A suplementação com beta-alanina demonstrou melhorar o desempenho atlético, retardando a fadiga e reduzindo a dor muscular. Isso permite que os atletas se exercitem durante mais tempo e recuperem mais depressa entre os treinos.


5. L-Carnitina.

A L-Carnitina é um derivado de aminoácido que é responsável pelo transporte de ácidos gordos para o interior das células para serem usados ​​como energia. É produzido naturalmente no corpo e também pode ser obtido por meio de suplementos. Embora alguns estudos tenham mostrado que a suplementação de L-Carnitina pode ajudar na perda de peso e melhorar os níveis de energia, mais pesquisas são necessárias para determinar a sua eficácia nessas áreas.


É importante lembrar que cada pessoa tem uma composição corporal única e reage de forma diferente aos ingredientes dos suplementos. Embora a maioria dos suplementos seja considerada segura, é sempre aconselhável começar com uma dosagem mais baixa e observar como o seu corpo reage antes de aumentar gradualmente a ingestão até a quantidade da porção recomendada. Essa abordagem evitará qualquer dano potencial ao seu corpo causado pela ingestão de quantidades excessivas de suplementos.

Partilhe este artigo

Este artigo foi útil?

Utilizadores que acharam útil: 25 de 25

Tem mais dúvidas? Submeter um pedido

Comentários

0 comentário

Por favor, entrar para comentar.