Posso tomar proteína em pó?

Elizabeth
Elizabeth
  • Atualizado

Você pode ter proteína como parte do seu lanche (temos muitas alternativas com proteína). Mas não é obrigatório.

Barras de proteína: Recomendamos a escolha de barras de proteína com baixo teor de carboidratos e sem açúcar em sua composição (antes de comprá-las, devemos verificar bem os ingredientes). "Sem açúcar", "baixo teor de açúcar" ou "baixo teor de carboidratos" geralmente está escrito na frente da embalagem; estas são as barras ideais. Os melhores adoçantes em barras de proteína são estévia e eritritol, mas outros substitutos do açúcar também podem ser consumidos. Você deve comer apenas uma barra de proteína por dia como lanche.

Shakes de proteína: Shakes de proteína devem ser feitos com água ou leite não lácteo. Escolha proteína em pó sem açúcar. 

Alimentos integrais vs. proteína em pó
Você pode atender às necessidades diárias de proteína do seu corpo, quer você beba shakes ou coma apenas alimentos integrais. No entanto, eles não oferecem a mesma nutrição.
O que pode surpreendê-lo é que os smoothies geralmente contêm menos nutrientes do que os alimentos integrais. Por esse motivo, os smoothies podem ajudá-lo a perder peso, mas os alimentos integrais podem oferecer um maior impacto nutricional.  

Tipos e usos de proteínas.

Whey protein é uma das proteínas mais utilizadas e é a melhor para uso diário. Contém todos os aminoácidos essenciais e é facilmente digerido. Ajuda a aumentar a energia e pode reduzir os níveis de estresse.

Isolados e concentrados de soro de leite são os melhores para usar depois de um treino.
A proteína de soja é outra escolha comum. Ajuda a diminuir o colesterol alto e pode aliviar os sintomas da menopausa em algumas mulheres. Também pode ajudar na osteoporose, ajudando a construir massa óssea.

Outros tipos de proteína incluem:

  • A proteína do ovo, que é liberada mais lentamente do que o soro de leite, pode ser ingerida ao longo do dia.
  • As proteínas do leite ajudam a apoiar a função imunológica e aumentam o crescimento muscular.
  • A proteína de arroz integral, que é 100% vegetal, é uma boa opção para vegetarianos ou pessoas que não comem laticínios. Também é sem glúten.
  • A proteína da ervilha é altamente digerível, hipoalergênica e barata.
  • A proteína do cânhamo também é 100% vegetal. É uma boa fonte de ácidos graxos ômega-3. 

Aqui estão algumas diretrizes gerais, com base nos resultados que você está procurando:

Construir músculo: Para o crescimento muscular, escolha um pó de proteína com alto valor biológico (um valor que mede o quão bem uma proteína pode ser absorvida e utilizada pelo corpo). Proteína de soro de leite e isolados de soro de leite são suas melhores opções.

Perder peso: Para perder peso, escolha shakes sem adição de açúcares ou dextrinas/maltodextrinas (adoçantes feitos de amido). Não escolha aqueles com aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) adicionados, pois eles ajudam a promover o crescimento muscular e o ganho de peso.

Mantenha-se vegetariano ou vegano: Se você é vegetariano ou vegano, não escolha shakes de proteína à base de leite (como soro de leite, proteína do leite); em vez disso, use proteínas 100% vegetais: soja, ervilha, cânhamo.

Opte por uma dieta com baixo teor de açúcar se tiver diabetes: os pacientes com diabetes devem escolher shakes de proteína sem adição de açúcar (não escolha pós de proteína que contenham açúcar como um dos três primeiros ingredientes). Também é melhor procurar um shake com baixo teor de carboidratos (5-15 gramas por porção).

Limite de proteína para doença renal: Pessoas com doença renal não podem tolerar uma grande quantidade de proteína de uma só vez. Fique com pós que tenham um teor de proteína de menor alcance (10 a 15 gramas por porção).

Evite problemas gastrointestinais: Pacientes com síndrome do intestino irritável ou intolerância à lactose devem escolher pós que não contenham açúcares de lactose, adoçantes artificiais ou dextrinas/maltodextrinas. Se você tem alergia ou sensibilidade ao glúten, não escolha pós que contenham glúten.

Atenha-se ao seu orçamento: para economizar dinheiro, compre latas de proteína em pó em vez de shakes de proteína prontos para beber, que são mais caros porque são convenientes.

Tire o máximo proveito da sua proteína em pó

Aqui estão algumas coisas a considerar:

  • Para se recuperar após o exercício, um atleta ou esportista ávido deve consumir proteína dentro de 60 minutos após o treino. É quando seus músculos respondem melhor ao uso de proteína para o processo de reparo e crescimento.
  • Para controlar seu peso, é melhor consumir um suprimento constante de proteína em todas as refeições e lanches para ajudar a mantê-lo satisfeito.
  • Embora não haja um número mágico para quanta proteína consumir de uma só vez, é melhor procurar pelo menos 3 onças ou 20 gramas de proteína por refeição.
Partilhe este artigo

Este artigo foi útil?

Utilizadores que acharam útil: 22 de 22

Tem mais dúvidas? Submeter um pedido

Comentários

0 comentário

Por favor, entrar para comentar.